FANDOM


Erusea, oficialmente o Reino de Erusea (Kingdom of Erusea - エルジア王国), é uma grande nação localizada no extremo oeste do continente de Usea. Erusea faz fronteiras com San Salvacion, e provavelmente outras nações. Sua capital é Farbanti, localizada no litoral da península mais ao oeste de Usea próxima do Mar da Primavera.

Anteriormente conhecida como a República Federal de Erusea ou República Erusiana (Federal Republic of Erusea, Erusean Republic - エルジア共和国), este país é conhecido por seu industrialismo, militarismo e indústria bélica e aeronáutica de ponta. Erusea foi afetada gravemente pelo impacto do asteroide Ulysses 1994XF04 em 1999. Na metade do ano de 2003, tensões entre Erusea e outras nações no continente de Usea aumentaram e deram início à uma guerra, na qual a Erusea foi derrotada.

Algum tempo depois a nação tornou-se um reino. Após a construção do Elevador Espacial Internacional em Axel Bay, a Erusea tomou posse do elevador e declarou guerra contra a Federação de Osea (Osean Federation).

Erusea foi a nação antagonista nos jogos Ace Combat 04: Shattered Skies, apareceu curtamente no Modo Arcade do Ace Combat 5: The Unsung War e voltará mais uma vez como o país antagonista no Ace Combat 7: Skies Unknown.

História Editar

Período Pré-Ulysses (–1998)

Veja também a Primeira Guerra Continental de Usea

Da mesma maneira que a maioria do continente de Usea, Erusea manteve altas tensões com países vizinhos por muito tempo. Porém devido à ameça de expansionismo da Osea e da Yuktobania no final do século 20, Erusea se juntou à outras nações de Usea formando assim as Forças Aliadas de Usea(Usean Allied Forces). Essa nova união continuou a manter um perfil hostil contra a Federação Central de Usea (Federation of Central Usea - FCU), cujas tropas estavam ocupando a fronteira entre Amber e Ugellas em um impasse com as forças erusianas desde o início dos anos noventa.

Em 29 de Abril de 1996, a FCU anunciou a existência do asteroide Ulysses e ao mesmo tempo retirou suas tropas da fronteira entre Amber e Ugellas. Apesar da ausência de evidências, acredita-se que a Erusea participou das discussões internacionais sobre o enfrentamento do asteroide Ulysses, e que contribuiu com a construção da Stonehenge.

Em 1997, um grupo de nações no sul de Usea anunciou sua intenção de juntar-se à Federação de Osea. Muitas nações ao norte, incluindo Erusea, protestaram contra essa ação. Após isso a Osea ofereceu seu suporte e se preparou para assinar o Tratado do Mar da Primavera com as nações do sul. Em 30 de Maio, o dia em que este tratado seria assinado, extremistas conservadores - incluindo membros das forças armadas da Erusea, como o Esquadrão Albireo - lançaram um golpe de estado e esmaram a resistência das Forças Aliadas de Usea em todo o continente.

Em um ano, os rebeldes conseguiram avançar até o oeste e passaram a controlar a maior parte do território da Erusea e os outros países no continente. Estes rebeldes fizeram várias operações dentro do território erusiano, incluindo a conquista de Keep e sua fortificação como uma base de suprimentos. Em março de 1998, as Forças Aliadas de Usea contrataram o Esquadrão Scarface para combater os rebeldes. Nos próximos três meses, o Esquadrão Scarface conseguiu mudar as linhas de frente até o centro do continente de Usea, eventualmente libertando Erusea dos rebeldes.

Período Pós-Ulysses (1998–2003)

Os meteoritos de Ulysses começaram a cair sobre o planeta no dia de 8 de julho de 1999, e continuaram a cair em grande quantidade nas próximas duas semanas, matando mais de 500.000 cidadãos de Usea e destruindo a infra-estrutura do continente. Apesar das tentativas da Stonehenge de defender o continente, ao menos dez meteoritos caíram em solo erusiano. Dois deles formaram duas crateras significativas: a Cratera de Goldberg no Corredor de Whiskey, e a Cratera de Ryker em Farbanti, a qual acabou inundando o distrito municipal ao oeste da cidade.

Após o desastre de Ulysses, milhões de civis perderam suas casas e viraram refugiados. Vários países de Usea tinham expectativas de que a Erusea, sendo um país grande, poderia aceitar a maioria dos refugiados. No mês de abril de 2000, após aceitas mais de 200.000 refugiados, o Ministério de Relações Exteriores da Erusea anunciou a criação de restrições no processo de obtenção de vistos, assim impedindo que vários refugiados adentrassem o país. Apesar da insistência erusiana dizendo que o país não podia suportar mais refugiados, outras nações de Usea condenaram as ações de Erusea e iniciaram um boicote à produtos erusianos. Vários dos refugiados começaram a adoecer e o crime tomou conta nos campos de refugiados mal-administrados ao redor da fronteira da Erusea.

As altas tensões vindo da crise de refugiados deram origem à invasão surpresa da Erusea contra San Salvacion e ocupação da Stonehenge no verão de 2003. Pilotos e forças de seguranças que tinham a missão de defender Stonehenge desapareceram, mas a Erusea anunciou que agora estes indivíduos estavam sob sua proteção. Os países membros na Organização do Tratado do Centro de Usea condenaram veementemente as ações da Erusea e o presidente da FCU, Robert Sinclair, criou as Forças Aliadas dos Estados Independentes (Independent State Allied Forces - ISAF) no caso de uma guerra. O presidente Sinclair mandou tropadas da FCU para os arredores de San Salvacion e solicitou que a Erusea retira-se suas tropas em um mês.

<<Artigo em construção - referências na versão inglesa da Acepedia>>

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.