FANDOM


Ace Combat Logo.png

Ace Combat (エースコンバット Ēsu Konbatto; frequentemente estilizado como ACE COMBAT) é uma franquia de jogos de simulação arcade de vôo, foi criada e pertence a Bandai Namco Entertainment desde 1995. Os jogos tipicamente apresentam aeronaves da vida real e aeronaves fictícias. Ace Combat é reconhecido como uma das franquias de simulação arcade de vôo mais bem sucedidas na indústria dos vídeo games.

Atualmente foram lançados 16 jogos da franquia Ace Combat. Mais da metade dos jogos são exclusivos das plataformas Playstation, enquanto os outros jogos foram lançados em plataformas como o Xbox 360/One, Nintendo 3DS, e Windows PC. Até 9 de dezembro de 2015, os jogos da franquia Ace Combat venderam aproximadamente 14 milhões de unidades entre todos os jogos e plataformas. [1]

DescriçãoEditar

Predefinição:Stub

HistóriaEditar

PrecursorEditar

Air Combat 22 poster.jpg

Artigo Principals: Air Combat (arcade), Air Combat 22

Em 1998, a Namco lançou o Namco System 21 (em Inglês), a primeira placa para arcade projetada especificamente para o processamento de polígonos em 3D. Ela evoluiu significativamente durante a sua longevidade de 5 anos, período em qual o jogo Air Combat foi lançado. Air Combat foi um dos primeiros jogos arcade de simulação de vôo do seu gênero nesse hardware. Em 1993, o Namco System 22 (em Inglês) foi lançado, apresentando várias melhorias gráficas em relação ao System 21. Air Combat 22, uma sequência direta do Air Combat, foi lançado para o System 22 em 1995.

Trilogia do Playstation 1Editar

Rafale C Air Combat.jpg

Artigo Principals: Air Combat (PS1), Ace Combat 2, Ace Combat 3: Electrosphere

No dia 30 de junho de 1995, Ace Combat foi lançado no Japão no novo console da Sony, o PlayStation. Diferente da versão de arcade, a versão do Playstation apresenta uma trilha sonora rock-and-roll, um modo campanha, um companheiro de vôo, e mais aeronaves disponíveis para o jogador. Foram adicionados também missões de vôo através túnel e vôo através de ravina, assim como um encouraçado aéreo. Esse é considerado o início da série.

Três meses depois, o Playstation foi lançado na América do Norte e na Europa. Ace Combat foi localizado nessas regiões como Air Combat. O jogo vendeu mais de 2,2 milhões unidades no mundo,[2] e recebeu o prêmio "Best Flight Sim of 1995" (Melhor Simulador de Vôo do Ano 1995) da revista Electronic Gaming Monthly.

ADF-01 in AC2.jpg

Em 1997, Ace Combat 2 foi lançado internacionalmente. Comparado ao seu antecessor, Ace Combat 2 apresentou melhorias nos gráficos e na jogabilidade. Foi o primeiro jogo a introduzir as aeronaves fictícias da série (o ADF-01 FALKEN e o XFA-27) e também os áses. O jogo vendeu mais de um milhão de unidades internacionalmente,[2] e foi bem recebido criticamente.

Dision Ace Combat 3.jpg

A parte de histórias da série nasceu com o lançamento de Ace Combat 3: Electrosphere, em 1999. Electrosphere foi o primeiro da série a ter complicações na história dependendo das escolhas do jogador. O jogo também introduz inúmeras aeronaves fictícias (muitas delas foram baseadas em aeronaves da vida real). No entanto, a Namco não conseguiu obter os recursos necessários para localizar o jogo, devido a enorme quantidade de diálogos presentes; consequentemente, a localização internacional do jogo lançada em 2000 apresentou uma história diferente, estritamente linear e sem diálogos.

Trilogia do Playstation 2Editar


Stonehenge (AC04).jpg

Artigo Principals: Ace Combat 04: Shattered Skies, Ace Combat 5: The Unsung War, Ace Combat Zero: The Belkan War

Ace Combat 04: Shattered Skies, lançado em 2001 para o PlayStation 2 (Ace Combat: Distant Thunder na Europa), é considerado por muitos o verdadeiro começo da série Ace Combat. Foi o primeiro jogo da franquia a estabelecer a história do universo fictício que seria usado pelos futuros jogos, mesmo assim o jogo manteve o estilo de protagonista mudo e sem rosto. O jogo também apresentou uma trilha sonora orquestral pela primeira vez. Shattered Skies (Céus Despedaçados) é o jogo mais aclamado comercialmente da série; tendo vendido mais de 2,6 milhões de unidades[2] e teve críticas positivas expressivas.

Wardog Squadron On The Ground.jpg

Ace Combat 5: The Unsung War (Ace Combat: Squadron Leader na Europa) deu continuidade ao universo fictício de Shattered Skies, agora conhecido como Strangereal. The Unsung War tem uma das histórias mais bem desenvolvidas na série, com um elenco completo de personagens em todos os lados do conflito. A premissa da história anti-guerra se tornou imensamente popular entre as críticas devido a raridade de como esse tipo de premissa está apresentada em jogos de guerra similares.

Larry Foulke.jpg

Ace Combat Zero: The Belkan War, lançado em 2006, continuou a carregar uma premissa anti-guerra similar, mas de natureza mais pessimista. O desenvolvimento do protagonista Cipher, que depende inteiramente das ações do jogador ao decorrer do jogo, foi bastante elogiado. The Belkan War (A Guerra de Belka) também foi muito elogiado pela sua trilha sonora, que fez uso do violão flamenco. Mesmo assim, foi um dos dos jogos menos vendidos da série, vendendo um pouco menos que 800 mil unidades.[2]

Jogos portáteisEditar

Mother base.jpg

Um ano antes do lançamento do The Belkan War, Ace Combat Advance foi lançado exclusivamente na América do Norte, apresentando-se como um antecessor aos eventos do Electrosphere. Sua jogabilidade e história se manteram mínima se comparado ao resto da série, e o jogo foi pouco divulgado, fazendo com que vendesse apenas 100 mil unidades.[2]

Ace Combat X Special Wallpaper.jpg

A Bandai Namco mais uma vez tentou entrar no mercado de portáteis, lançando o Ace Combat X: Skies of Deception em 2006. Eles fizeram uso da similaridade do Playstation Portable com a funcionalidade do Playstation 2, e tentaram construir uma história mais bem desenvolvida. O jogo foi bem recebido, vendendo quase meio milhão de unidades[2]. Um jogo antecessor a ele foi lançado para sistemas iOS, Ace Combat Xi: Skies of Incursion, mas acabou não alcançando o mesmo número de vendas.

Milosz Sulejmani.jpg

Um novo jogo portátil, Ace Combat: Joint Assault (Ace Combat X²: Joint Assault no Japão) foi lançado em 2010. Joint Assault fez uso do mesmo motor gráfico e da mesma jogabilidade de Skies of Deception com algumas pequenas diferenças, mas foi reconhecido pela sua história, sendo a primeira na série Ace Combat a se passar no mundo real. O jogo preservou a audácia na narrativa da história que acontece em Strangereal, com diversos encouraçados aéreos e armamentos de alta tecnologia usados contra o protagonista. Foi o primeiro jogo da série a usar animações em CGI para as cutscenes do jogo.

EF-2000 In AC3D.jpg

Em 2011, Ace Combat: Assault Horizon Legacy (Ace Combat 3D: Cross Rumble no Japão) foi lançado. Apesar do nome, o jogo é um remake do Ace Combat 2, tendo uma história renovada e adicionando mais conteúdo ao jogo original como batalhas contra esquadrões de áses assim como foi no The Belkan War. Apesar do número de vendas ser desconhecido, o jogo foi aclamado o suficiente para garantir um relançamento em 2015 com suporte para as novas funcionalidades do New 3DS e também para os amiibos.

Ace Combat Northern Wings Wallpaper (2).jpg

Ace Combat: Northern Wings também foi lançado em 2011, desenvolvido para celulares com sistema Java. Assim como o Advance, Northern Wings não foi bem divulgado, e também lançou em uma plataforma desconhecida no que resultou em sua baixa popularidade. Além disso, a sua história contradiz com os jogos anteriores, resultando em fãs ignorando o Northern Wings completamente.

Jogos multiplataformaEditar

Sgt. Mcknight.jpg

O primeiro jogo da série Ace Combat nos consoles da sétima geração foi o Ace Combat 6: Fires of Liberation, lançado exclusivamente para o Xbox 360 em 2007. Fires of Liberation utilizou de um sistema de gráficos mais avançado do que os jogos anteriores da série, permitindo a criação de maiores campos de batalha e efeitos de alta qualidade. Devido ao jogo ser lançado exclusivamente no Xbox 360 ao invés do Playstation 3, ele vendeu apenas 700 mil unidades, tornando-se o jogo de console menos vendido em toda a série.[2]

Bishop.jpg

Ace Combat: Assault Horizon em 2011 foi o primeiro jogo da série lançado para o Playstation 3, e foi o primeiro jogo multiplataforma da série. Assault Horizon se tornou um dos jogos mais controversos da série ao implementar uma nova mecânica na jogabilidade chamada de Close Range Assault, e sua história é mais realista do que a dos jogos anteriores. Ele foi criticamente bem recebido, porém a recepção dos fãs foi mista. Em 2012, Assault Horizon foi portado para o PC, se tornando o primeiro Ace Combat disponível nessa plataforma.

Project Aces 2013 Logo.jpg

Ace Combat Infinity, o primeiro jogo free-to-play da série, foi lançado em 2014. Ao contrário de Assault Horizon, o Infinity trouxe elementos dos jogos anteriores da franquia, mais especificamente do Shattered Skies, para a Terra. O Infinity não possui uma história longa no modo campanha, mas o seu modo multijogador cooperativo online se tornou o mais popular em toda a série. O Infinity foi baixado mais de 3 milhões de vezes, se tornando o título mais jogado em toda a franquia.[3]


Nova GeraçãoEditar

Ace Combat 7 Announcement F-22 Front.jpg

Em dezembro de 2015, Ace Combat 7: Skies Unknown foi formalmente anunciado para o público. Ele será o primeiro jogo da franquia a ser lançado nos consoles da Oitava Geração e também para PC via Steam. O jogo também fará uso da integração com realidade virtual (exclusivo para o PlayStation VR). Seu lançamento está confirmado para 2018.


Lista de jogosEditar

Os jogos de Ace Combat foram separados em quatro seções diferentes abaixo, baseado em seus conteúdos.

Jogos principaisEditar

Os Jogos principais da série são os jogos de console que se passam no universo de Strangereal.

Título Plataforma Ano Vendas Metacritic
Air Combat Playstation 1995 2,230,000[2] N/A
Ace Combat 2 1997 1,092,000[2] 83
Ace Combat 3: Electrosphere 1999 1,164,000[2] N/A
Ace Combat 04: Shattered Skies Playstation 2 2001 2,640,000[2] 89
Ace Combat 5: The Unsung War 2004 1,802,000[2] 84
Ace Combat Zero: The Belkan War 2006 792,000[2] 75
Ace Combat 6: Fires of Liberation Xbox 360 2007 700,000[4] 80
Ace Combat 7: Skies Unknown Playstation 4

Xbox One Steam

2017 Não lançado

Jogos secundáriosEditar

Os "jogos secundários" da série são os portáteis que se passam no universo de Strangereal.

Título Plataforma Ano Vendas Metacritic
Ace Combat Advance Game Boy Advance 2005 100,000[2] 56
Ace Combat X: Skies of Deception Playstation Portable 2006 476,000[2] 75
Ace Combat Xi: Skies of Incursion iOS 2009 N/A 61
Ace Combat: Assault Horizon Legacy Nintendo 3DS 2011 N/A 71
Ace Combat: Assault Horizon Legacy + Nintendo 3DS
New Nitendo 3DS
2015 N/A 63


Jogos Spin-OffEditar

Os "jogos spin-off" da série são aqueles que existem em seu próprio universo. Isso significa que normalmente eles acontecem na Terra, ou que não levam em consideração a linha do tempo de Strangereal estabelecida nos jogos anteriores.

Título Plataforma Ano Vendas Metacritic
Ace Combat: Joint Assault Playstation Portable 2010 N/A 71
Ace Combat: Assault Horizon Playstation 3 / Xbox 360
GFWL / Steam
Ouya
Amazon Fire TV
2011
2013
2014
2015
1,070,000+[4]
N/A
N/A
N/A
77 / 78
77
N/A
N/A
Ace Combat: Northern Wings Telefones móveis 2011 N/A N/A
Ace Combat Infinity Playstation 3 2014 3,000,000+[3] 54


Outros jogosEditar

A lista de "outros jogos" inclui os jogos que foram desenvolvidos pela Namco ou Project Aces que não foram lançados/ou que não são considerados partes oficiais da série Ace Combat, mas que possuem vínculos com a série ao ponto de merecerem ser mencionados na Acepedia.

Título Plataforma Ano
Air Combat Namco System 21 1992
Air Combat 22 Namco System 22 1995
Ace Combat SS: The Young Yellow Playstation 2 Não lançado
Brave Arms / Second / Chain Lim!t Desconhecido Não lançado
The Sky Crawlers: Innocent Aces Nintendo Wii 2008
Ace Combat Assault Horizon : Trigger Finger iOS 2010
AR Aircraft Hanger iOS 2012
Mach Storm Arcade game 2013
Galaxian Heroes Desconhecido Não lançado

ReferênciasEditar

  1. PS4「エースコンバット 7」PSX出展用トレーラー. YouTube. Publicado em 9 de Dezembro de 2015. Recuperado em 16 de Dezembro de 2015 na Acepedia e incorporado na Acepedia PT-BR em 07 de Maio de 2017. Total de vendas mencionado na descrição do vídeo.
  2. 2,00 2,01 2,02 2,03 2,04 2,05 2,06 2,07 2,08 2,09 2,10 2,11 2,12 2,13 2,14 『エースコンバット』シリーズ全世界累計1,000万本突破!. Recuperado em 14 de Abril de 2015 e incorporado a Acepedia PT-BR em 07 de Maio de 2017.
  3. 3,0 3,1 Essa é quantidade de contas da PSN que baixaram Ace Combat Infinity gratuitamente, independentemente do total de horas jogadas ou de dinheiro gasto no jogo.
  4. 4,0 4,1 Dark Souls sells 1.19 million. GameSpot. Publicado em 08 de Maio de 2012. Recuperado em 01 de Dezembro de 2014 e incorporado a Acepedia PT-BR em 07 de Maio de 2017.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória